Diagnóstico do motor em 5 minutos sem instrumentos

Existem várias maneiras simples, mas eficazes, de avaliar a condição do motor de qualquer carro sem visitar os centros de serviço. Esse conhecimento será útil não apenas para a operação diária do veículo, mas também ajudará a fazer a escolha certa ao comprar um carro usado.

O que será necessário para o diagnóstico

Todas as verificações são realizadas visualmente e não requerem uma ferramenta especial. Mesmo uma pessoa completamente despreparada pode conduzi-lo, o principal é que ele tem boa audição e visão, uma nota no bolso e lenços umedecidos nas mãos.

Qual é o melhor lugar para começar?

Obviamente, uma inspeção visual do motor também é bastante informativa, especialmente no mercado. Um motor enrolado não deve emitir sons metálicos, operar de maneira suave e estável. Mas a atenção principal será direcionada ao estudo do tubo de escape, mais precisamente, dos depósitos formados durante a operação do motor. Você deve deslizar o dedo para dentro da tomada e estudar o que, de fato, permanece nela.

Inspeção visual do escapamento

Uma pequena quantidade de fuligem nas paredes do tubo de escape é normal, mas a completa ausência de poluição sugere que o vendedor é uma pessoa experiente e tem algo a esconder. A presença de óleo e condensado é um mau sinal, indicando problemas na operação do motor e sua deterioração.

Verifique a tração traseira

Com o motor em funcionamento, você deve anexar uma nota de forma a cobrir cerca de um terço do tubo de escape. Deve ser pressionado do lado oposto à borda. Se os gases se moverem para dentro, a conta o mostrará imediatamente. Nesse caso, são possíveis desvios da norma na operação dos sistemas de distribuição de gás e combustível, bujões de carro e, muito provavelmente, a passagem de uma ou mais válvulas.

Se a conta vibrar exclusivamente na direção externa, então com a ignição e as válvulas tudo está em ordem.

Reinspeção do escape

Para essa verificação, será necessário garantir que o motor opere em alta velocidade (3 a 4 mil) por 1 a 2 minutos. Se o vendedor impedir isso, fique à vontade para sair, mesmo que você goste do carro. A presença de fumaça indica anéis de pistão desgastados. Após a gasificação, você deve novamente arrastar o dedo pela parte interna do tubo. Alguma condensação e muito pouca fuligem podem permanecer nas paredes. A presença de óleo é um mau sinal.

Os resultados da aplicação do conhecimento na prática

Esses truques simples permitem não apenas monitorar independentemente o estado do motor do seu carro. O uso desse método ao procurar e comprar um carro novo no mercado secundário ajudará a evitar vendedores inescrupulosos e a evitar possíveis perdas financeiras associadas a reparos não planejados de um carro comprado recentemente.